quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Exercício Intuitivo com atletas? Será?




Sim, é totalmente possível!

Essa imagem retrata a diversidade corporal dos atletas. É impressionante a variação de alturas, pesos, formatos e proporções corporais de cada modalidade esportiva. Nesse sentido, o esporte é para todos! Todos os biotipos corporais se encaixam em algum esporte, afinal de contas, existem centenas de modalidades esportivas (apesar de pouco mais de 30 serem olímpicas). O problema começa no momento em que um determinado corpo tenta se encaixar num esporte que exige um biotipo diferente.

Por exemplo, uma pessoa com alta estatura querer praticar ginástica artística. O corpo de baixa estatura se destaca com mais facilidade nas acrobacias e movimentos exigidos no alto rendimento. Sendo assim, atletas altas que praticam essa modalidade, raramente aparecem na mídia pois, não se destacam tanto em competições internacionais.

Ainda usando o exemplo da ginástica artística, existe a crença de que sua prática torna os atletas baixos; assim como a natação torna os ombros dos atletas muito largos, e por aí vai... Essas crenças são mitos. O esporte seleciona naturalmente as pessoas que possuem formatos corporais que se encaixam com os movimentos exigidos pela modalidade. Isso significa que, quando o corpo casa com a modalidade apropriada ao seu formato, há uma fluência natural e o rendimento do atleta, aliado a um bom suporte de treinamento e apoio financeiro, transformam-se em destaques internacionais.

Mas, infelizmente, nem sempre esse casamento - formato corporal (biotipo) e modalidade esportiva - acontece de maneira feliz. Por motivos variados, é comum uma pessoa optar por praticar um esporte que exige mais do que o seu corpo suporta, ou ainda, a modalidade seleciona um biotipo que não condiz com o do atleta. E aí, muitos problemas começam a surgir, devido ao esforço excessivo que o atleta se sujeita. E então, o atleta adota comportamentos perigosos para a sua saúde, que quando associados a uma genética suscetível a doenças, resulta em consequências graves, como transtornos alimentares, depressão, problemas ósseos, musculares, articulares e hormonais.

O exercício intuitivo incentiva a experimentação de um maior numero possível de movimentos, habilidades motoras e esportes. Quanto mais o corpo sentir a grande variedade de movimentos possíveis, maior a chance de encontrar o esporte ideal, que condiz com seu biotipo.

A consequência de um casamento entre esporte e biotipo adequado resulta em engajamento, bem-estar, fluidez, satisfação, prazer, rendimento, realização, superação, conquistas, felicidade e, especialmente, a integração mente e corpo, além de acessar a conexão com a sua essência!








Nenhum comentário:

Postar um comentário